Diario de um Agente de Pesquisa



Sou um Vampiro. Vivo a sugar duas coisas mais importante para uma pessoa : educação e trabalho. Um individuo não pode sobreviver ao sistema economico sem um base educacional forte e um emprego com bons redimentos e projeção profissional.

Quinta-feira[25.09.2008]
Passei por Olinda em ruelas estreitas e largas. Vi o belo(monumentos!) e o feio(pessoas!). Complicado explicar os pensamento passsageiros quando alguém é inserido em um mundo tão diferente do qual esta habituado. Quando faço entrevistas com pessoas de alto poder aquisitivo sinto intimidado(por falta) e quando faço entrevista com pessoas de baixo poder aquisitivo sinto intimidado(por sobra). Entro nas casas das pessoas e converso com elas de forma pessoa quase familiar, sangro elas naquilo mais importante para um pessoa atualmente: educação e trabalho.Sou um vampiro!

Em uma determinada casa no qual moravam sete pessoas (seis mulheres maiores de 15 anos) a residencia era constituida de dois comodos no qual o maior ficava uma cama de casal(com uma pano surrado ao qual cobria), uma pentiadeira contendo as roupas de alguns moradores e uma tv de 14 polegadas sitonizado em uma canal popular(no momento da entrevista o programa cospido pela tv era de conteudo policial: "alguem matou outro..."). Na sua simplicidade todos observavam a novidade da casa: agente de pesquisa com "computador de mão" da cor azul. O agente de pesquisa metralha todos moradores com perguntas perguntas acidas. Estuda? Até que serie? Trabalha ? Fazendo o que? Casado(a) ? Nas respostas cançadas de pessoas de sabedoras de sua fragilidade existencial e social, revelam sua história as quais são cheias de disculpas ou marcadas por opções não muito louvaveis. Todos nós sobrevivemos. Não existe uma forma exata para um vivencia correta. Aos crentes ou evangelicos ou filosfos seticos só posso dizer: A vida é uma aventura mais ou menos exata. Estamos em uma linha e nela nos equilibramos a cada passo vivemos. Não sou ninguem para julgar as pessoas as quai entrevisto. Na verdade sou um telespectador de suas nobres vidas.

1 comentários:

Wanngye disse...

E assim vamos vivendo sem saber qual a próxima fala ou ação uma vez que não temos um scrip.Mas sempre felizes por podermos sonhar com algo melhor mesmo que nunca aconteça.